Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Guia Rápido

Nota Fiscal de Produto (NF-e): o que é e como emitir

Bruna Schmitz
Bruna Schmitz
- Atualizado

A Nota Fiscal de Produto eletrônica (NF-e) registra a operação de venda de produtos de uma empresa. Ela pode ser emitida pela plataforma Conta Azul de forma rápida e prática.

 

Importante: o seu contador é a pessoa mais indicada para dar orientações quanto aos códigos de tributação e os impostos necessários para o preenchimento de suas notas fiscais.

 

Antes de emitir sua nota fiscal, é necessário fazer algumas validações.

 

Complete os dados da sua empresa

Você precisa ter um CNPJ válido cadastrado na plataforma e informar sua Inscrição Estadual acessando o ícone de Engrenagem (⚙️) > Dados da Empresa. É importante que os dados cadastrados na plataforma sejam os mesmos que estão na SEFAZ. Certifique-se de ter o credenciamento na SEFAZ do seu estado para emissão de Nota Fiscal de Produto.

Se tiver alguma dúvida, você pode conferir este artigo sobre preenchimento de dados da empresa na plataforma e alinhar com a sua contabilidade o que deve ser informado.

 

Confira se o seu Certificado Digital já está vinculado na plataforma

O Certificado Digital é um documento eletrônico que garante proteção às suas transações online e você precisa dele para, por exemplo, emitir notas fiscais. Na Conta Azul, a emissão de Nota Fiscal de Produto eletrônica (NF-e) é compatível com os certificados digitais A1 e A3.

Caso ainda não tenha certificado, veja aqui como adquirir, ou se preferir, nosso suporte poderá indicar uma certificadora parceira Conta Azul.

 

Gere uma venda

Antes de gerar a venda, é importante que seus clientes e produtos estejam cadastrados na plataforma.

A opção de emitir uma nota fiscal fica disponível após ter uma venda criada. Para isso, acesse o menu Vendas > Vendas e Orçamentos e clique em Criar nova venda. Você também pode fazer pelo menu Vendas > Notas Fiscais de Produto > Criar Nova > Venda.

 

Agora, com os dados preenchidos, certificado instalado e venda criada, você já pode emitir sua nota.

 

Como preencher a Nota Fiscal de Produto

Depois de salvar a venda, você poderá emitir a nota fiscal. Na imagem abaixo, você pode ver o processo desde a criação da venda até os últimos detalhes para salvar a nota.

nfe.gif


Na tela da nota fiscal, atente-se ao preenchimento da nota, pois todos os dados precisam estar corretos. Abaixo estão listados os principais campos a serem preenchidos.

 

Complete os Dados do Cliente

Todos os campos de preenchimento sobre os dados do cliente são obrigatórios. Com exceção do complemento do endereço e Inscrição Estadual, caso seu cliente não possua. Se não souber a Inscrição Estadual do seu cliente, você pode consultar no site da SEFAZ.

 

Informe os Dados sobre o Frete

Nessa etapa você preencherá se terá frete ou não. Caso tenha frete, ficarão liberados alguns campos para preenchimento. 

  • Quem será o responsável pelo frete?: neste campo você irá preencher se haverá frete e quem será o responsável;
  • O frete será feito por uma transportadora?: aqui você deve indicar se utilizará ou não uma transportadora;
  • Transportadora: caso utilize uma transportadora, é necessário que seja feito o cadastro dela na plataforma. Acesse este artigo para saber como realizar o cadastro
  • RNTC do veículo: caso esteja campo seja preenchido, também será preciso preencher a Placa do veículo e a UF, pois o preenchimento de qualquer um destes campos, obriga o preenchimento dos demais. É importante lembrar que o preenchimento destes campos é opcional.

 

Informe os Dados Fiscais dos Produtos Vendidos

Nesta etapa, estarão listados os produtos da sua nota e você deverá preencher as alíquotas correspondentes a cada produto. Para isso, clique em Informar Alíquotas e será direcionado para a tela abaixo:

informe-os-dados-fiscais-do-produto.png

 

  • Código do produto: código utilizado por você para organizar os produtos em seu estoque. É possível utilizar quaisquer caracteres;
  • Unidade de medida: modo em que seus produtos são comercializados para seus clientes. Para saber como adicionar novas unidades de medida, clique aqui
  • Origem: Indique a procedência do seu produto;
  • NCM: Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), trata-se de um código de oito dígitos estabelecido pelo Governo Brasileiro para identificar a natureza das mercadorias;
  • CEST: o Código Especificador da Substituição Tributária (CEST) identifica a mercadoria sujeita aos regimes de substituição tributária e de antecipação do recolhimento do ICMS ST;
  • CFOP: Código Fiscal de Operações e Prestações (CFOP) trata-se de um código numérico que identifica a natureza de circulação da mercadoria. É importante lembrar que, para operações dentro do estado, o CFOP inicia com 1 quando for entrada e 5 quando for saída. Já para operações para fora do estado, o CFOP inicia com 2 quando for entrada e 6 quando for saída. Sempre confirme com o seu contador qual é o CFOP correto a ser utilizado;
  • Código de barras (EAN): informe os números que correspondem ao código de barras registrado na GS1 para o produto. Para mais informações, acesse este artigo no blog da Conta Azul
  • xPed: indique o número do pedido de compra relativo à nota fiscal. Este campo é opcional;
  • nItemPed: indique o número do item do pedido referente à nota fiscal. Este campo é opcional;
  • Situação Tributária ICMS: este código determina a tributação do produto referente ao ICMS. A partir do preenchimento deste campo, serão liberados os campos para o preenchimento das alíquotas;
  • Valor do seguro: valor do seguro sobre frete; 
  • Despesas acessórias: despesas que não possuem campo específico e que fazem parte da base de cálculo do ICMS; 
  • Descontos: valor a ser descontado sobre a nota. 

Caso tenha interesse em conhecer um pouco mais sobre o que é cada imposto, temos este artigo que explica resumidamente sobre os impostos ICMS, ICMS-ST, MVA, IPI, PIS E COFINS.

 

Assim que todas as informações estejam cadastradas e conferidas, basta clicar em Transmitir Nota Fiscal e aguardar o retorno da SEFAZ. Acompanhe o status da sua nota após a emissão.

 

Se você precisar entender melhor sobre qual dos impostos precisam ser destacados por sua empresa e qual é a alíquota correta, consulte seu contador, pois é ele quem tem as informações específicas sobre sua empresa e pode te passar a informação correta.


Compartilhe esse artigo:

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam isso útil: 7 de 31
Ainda não possui Conta Azul  em sua empresa?  A plataforma online fácil de usar que ajuda você a organizar e controlar seus  negócios. Experimente agora