Contratos: ativar a emissão automática de NFS-e

Para habilitar a emissão e o envio automático, é necessário emitir a primeira nota fiscal de serviço (NFS-e) do contrato manualmente.

Dessa forma, o ERP aprenderá quais são os dados de emissão e usará o mesmo padrão para poder emitir as seguintes de forma automática.

Clique sobre o assunto de seu interesse:

1. Emitir a primeira NFS-e manualmente

Caso a primeira venda do contrato já tenha sido gerada, acesse-a e emita a nota de forma manual.

  1. Acesse Vendas > Contratos, clique sobre o contrato e encontre a venda no Histórico do contrato.

  2. Clique sobre a venda, depois em Nota Fiscal > Emitir nota fiscal.

  3. Preencha as informações com atenção:

    • Os campos referentes aos impostos da nota serão habilitados somente após informar o código de serviço prestado.

    • As informações do cliente (dados cadastrais, inscrição municipal, endereço) e serviço prestado, serão trazidas de acordo com o preenchimento nos cadastros.

  4. Garanta que seus dados estão preenchidos corretamente (CNPJ, inscrição municipal, endereço) em Dados da empresa.

  5. Verifique todos os campos com atenção e salve a nota fiscal, clicando em Salvar.

  6. Com todos os campos corretamente preenchidos, sua nota estará pronta para emissão.

  7. Revise o preenchimento, se estiver tudo correto, clique em Emitir Agora!

contrato.gif

 

Se ainda não foi gerada, será necessário aguardar chegar a data de venda configurada no contrato, ou então, antecipar a primeira venda e emitir a nota:

contrato.gif

 

Atenção!

  • Caso ocorra alguma falha na emissão da nota, é necessário fazer os ajustes e emiti-la manualmente.

  • Se precisar editar alguma informação fiscal (por exemplo, alíquota), edite o cadastro de serviço e o mantenha atualizado.

  • Após a emissão, será enviado para o cliente o PDF da RPS ou da NFS-e, de acordo com a integração com a sua prefeitura.
2. Ativar a emissão automática da NFS-e de contratos

Depois de emitir a primeira NFS-e, retorne à edição do contrato, marque a opção Emitir e disponibilizar a Nota Fiscal de Serviço junto à fatura e clique em Salvar. Dessa forma, as próximas notas serão emitidas automaticamente.

contrato.gif

 

Se a primeira NFS-e do contrato já estiver emitida e a emissão automática das próximas NFS-e não foi habilitada, além da ativação da emissão automática das próximas NFS-e pelo contrato, também é possível habilitar a automação para o contrato diretamente em Vendas > Notas fiscais de serviço.

Se a NFS-e estiver com a situação Pronta para envio ou Emitida com sucesso, no cabeçalho da NFS-e, será apresentada a mensagem Ativar emissão automática, clique em Ativar emissão ou Não ativar:

nfse.gif

 

Ao clicar em Ativar emissão, se necessário, adicione mais e-mails que serão utilizados para envio da NFS-e e detalhes da venda.

Ao clicar em Salvar, ativação da emissão automática da NFS-e do contrato será concluída:

nfse.gif

 

Ao clicar em Não ativar, você pode compartilha o motivo de não ativar a emissão automática da NFS-e deste contrato. Ao clicar em Salvar, a tela será fechada.

Sobre a alíquota de ISS

Alíquota fixa

Caso a alíquota de ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) determinada pela sua prefeitura seja fixa, ou seja, não costuma variar todos os meses, basta emitir a primeira NFS-e manualmente e habilitar a opção automática dentro do contrato.

Assim como já foi mencionado, o padrão de alíquotas usado na primeira nota será mantido para a emissão das seguintes.


Alíquota variável

É importante sempre manter o cadastro de serviço completo e atualizado. Se a sua alíquota de ISS costuma variar, isso se torna ainda mais importante. Para este caso, acesse Vendas > Cadastros > Serviços e clique sobre o serviço desejado para editar e manter os dados de acordo com a determinação da prefeitura.

Dessa forma, a emissão das notas automáticas sempre terá os dados mais atualizados como base. Ajustando as informações no cadastro, as próximas emissões utilizarão a nova alíquota.

 

Importante!

  • Caso não consiga habilitar a opção Emitir e enviar a nota fiscal de serviço automaticamente, significa que a primeira NFS-e ainda precisa ser emitida manualmente.

  • A nota fiscal será gerada na mesma data da venda configurada na criação do contrato.

  • Por padrão, as vendas futuras do contrato são previsões, e se necessário podem ser antecipadas.

    Se uma venda que possui configuração de envio automático habilitada for antecipada, a NFS-e (quando ativada) será emitida e enviada ao cliente.

  • As ações automáticas do contrato como gerar a nota fiscal (quando ativa) só será realizada se sua conta estiver ativa.

    Se no período de automação da nota fiscal a sua conta estiver bloqueada, essa ação automática não será realizada.

    Após reativar sua conta, será necessário gerar a venda, cobrança e nota manualmente, e nos próximos meses, com a conta ativa, o fluxo automático retorna.
Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 7 de 12

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Esse artigo está
sendo útil?