Notas fiscais de serviço (NFS-e) no Padrão Nacional: como configurar na Conta Azul

Importante!

Para identificar se sua cidade aderiu a emissão de notas fiscais de serviço (NFS-e) no Padrão Nacional e já pode emitir pela plataforma, acesse nosso artigo NFS-e no Padrão Nacional: o que é e quem pode emitir.

 

Para realizar a emissão da nota fiscal de serviços (NFS-e) no Padrão Nacional na Conta Azul é necessário seguir os passos abaixo:

1. Confirme os pré-requisitos para utilizar nosso ERP

Na Conta Azul, para emitir Notas Fiscais de Serviço, é preciso possuir:

2. Dados da empresa

O primeiro passo é conferir o preenchimento dos Dados da Empresa. Informe todos os campos obrigatórios (sinalizados com *). Atente-se principalmente aos campos: CNAE primário, inscrição municipal e endereço.

A inscrição municipal da empresa deve conter de 3 a 11 dígitos não devem ser informados pontos, traços ou espaços. Por segurança, digite a informação manualmente para que não sejam considerados caracteres especiais.

Para confirmar sua Inscrição Municipal, visualize a sua última nota fiscal emitida na prefeitura.

3. Cidade homologada para emissão de NFS-e
Sua cidade precisa estar homologada pela Conta Azul e para emissão de NFS-e no Padrão Nacional, consulte se sua cidade aderiu ao Padrão Nacional no artigo Notas fiscais de serviço (NFS-e) no Padrão Nacional: o que é e quem pode emitir.
4. Certificado digital

Realize a importação do seu certificado A1, modelo E-CNPJ emitido contra o CNPJ da sua empresa. Na Conta Azul, clique em Configurações e plano > Certificado digital. Nesta tela, clique em Certificado A1 > 📎 Escolha um arquivo, selecione o arquivo salvo em seu computador (normalmente o arquivo é em formato .pfx):

a1.gif

 

Em seguida, informe e confirme a senha e clique em Salvar.

 

Atenção!

Para emissão de NFS-e no Padrão Nacional o certificado digital deve ser A1 do tipo e-CNPJ (emitido contra o CNPJ da empresa).

5. Configurações de nota fiscal

Você deve buscar os seguintes dados:

 

Acesse à Conta Azul e clique em Configurações e plano > Configurações de nota fiscal > Emissão de NFS-e > Configurar:

conf.gif

 

Certificado digital

Caso você não tenha concluído a importação do certificado digital na etapa anterior, reforçamos que é obrigatório configurá-lo para seguir com a emissão da NFS-e no Padrão Nacional pela Conta Azul.

 

Em caso de dificuldade para importação do seu certificado, acesse nosso artigo Certificado digital A1: como cadastrar.

 

Atenção!

Para emissão de NFS-e no Padrão Nacional o certificado digital deve ser A1 do tipo e-CNPJ (emitido contra o CNPJ da empresa).

 

Caso já tenha realizado, siga com o preenchimento dos dados.

 

Inscrição Municipal

Inscrição Municipal liberada para sua empresa pela prefeitura, pode ser consultada:

  • na última NFS-e emitida,
  • no alvará de funcionamento emitido pela prefeitura,
  • no portal da sua prefeitura, onde constam os dados da sua empresa. 

 

Dica!

Caso tenha dúvidas, indicamos conversar com seu contador.

 

Série

A série é uma numeração escolhida pelo Padrão Nacional que pode ser do número 1 ao 49999.

 

Dica!

Sugerimos utilizar a série 900.

 

 

Importante!

Se você tiver notas fiscais em rascunho ou com falha, exclua para que a primeira nota emitida contenha a nova série informada.

 

Recibo Provisório de Serviço (RPS)

Mesmo que já tenha emitido nota fiscal de serviço na prefeitura, será necessário zerar o RPS, preencha essa informação com 0 (zero) caso seja sua primeira nota emitida com esta série:

 

Se, ao emitir uma NFS-e diretamente no Portal Nacional, você indicou a Declaração de Prestação de Serviço (DPS), será necessário dar continuidade à numeração e informar o último número utilizado aqui no campo RPS dentro da Conta Azul.

 

Onde posso ter preenchido este campo dentro do Portal Nacional?

No momento da emissão da nota fiscal completa, abaixo da Data de Competência é possível habilitar a informação de série e número da DPS (que é o mesmo que RPS).

 

dps.png

 

Regime Especial de Tributação

Geralmente é Simples nacional (EPP), Sociedade de profissionais ou Microempreendedor Individual (se a empresa for MEI).  Se essa informação estiver incorreta, a nota voltará com erro. Para não enviar o Regime especial, clique sobre Selecione uma opção:

 

Dica!

Caso tenha dúvidas, converse com seu contador ou diretamente com a sua prefeitura.

 

Natureza de Operação

A definição da natureza da operação determina a geração ou não de imposto a pagar para a respectiva NFS-e, definindo, também, o responsável tributário. Se essa informação for preenchida incorretamente, a nota voltará com erro.

Você pode optar por:

  • Operação tributável
  • Imunidade
  • Exigibilidade Suspensa por Decisão Judicial
  • Não incidência

 

Dica!

Caso tenha dúvidas, indicamos conversar com seu contador.

 

Após preencher os campos no ERP, clique em Salvar para concluir.

 

Com o cadastro de seus clientes e do seu serviço completos, você poderá seguir com a emissão de suas notas fiscais de serviço pela Conta Azul.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 7 de 8

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Esse artigo está
sendo útil?