Padrão Nota Manaus

O seu município é atendido pelo padrão Nota Manaus, então, para emitir suas notas fiscais de serviço (NFS-e) pela Conta Azul, as principais informações devem ser coletadas no portal de sua prefeitura, e então preenchidas no ERP.

Realize a configuração abaixo com atenção e garanta que suas notas sejam transmitidas com sucesso:

1. Configuração inicial na Conta Azul
  1. Dados da empresa

    O primeiro passo é conferir o preenchimento dos Dados da Empresa.
    Informe todos os campos obrigatórios (sinalizados com *).



  2. Certificado digital

    Efetue a importação do seu Certificado A1 modelo e-CNPJ.

 

Atenção!

Não é permitido emitir nota fiscal de serviço com o certificado A3 ou A1 modelo e-CPF.

2. Acesso ao portal da prefeitura

Acesse o portal da prefeitura:

PADRAO Abaco - Manaus - Login.gif

 

Importante!

No portal da prefeitura, você também consultará os códigos de serviço e CNAEs (primário e secundários) que devem ser preenchidos no cadastro de cada serviço na Conta Azul.

 

Com o acesso realizado no portal da sua prefeitura, busque as informações para emissão da NFS-e e preencha na Conta Azul:

Inscrição Municipal

A inscrição municipal (IM) pode ser conhecida também como cadastro mobiliário, cadastro do contribuinte mobiliário (CCM) e é a identificação do contribuinte no cadastro tributário municipal.

No portal da prefeitura, após realizar o login, acesse Perfil > Dados adicionais, na coluna IM, você terá a inscrição municipal da sua empresa.

abaco.png

 

Após identificar a IM, acesse a Conta Azul, clique em Configurações e plano > Configurações de nota fiscal. No Tipo de configuração, em Emissão de nota fiscal de serviço, clique em Configurar.

Encontre o campo Inscrição Municipal e preencha conforme identificado no portal da prefeitura:

 

Preencha na Conta Azul somente os números sem ponto nem formatação.

Série

A série do RPS varia de acordo com cada prefeitura, podendo ser número (1, 2 ou 3, por exemplo) ou letras (S, SN, NFS, por exemplo). É um controle interno da prefeitura e identificador da NFS-e.

A série é apresentada ao final do rascunho da NFS-e:

 

Após identificar a série, acesse a Conta Azul, clique em Configurações e plano > Configurações de nota fiscal. No Tipo de configuração, em Emissão de nota fiscal de serviço, clique em Configurar.

Encontre o campo Série e preencha conforme identificado no portal da prefeitura:

 

Na Conta Azul, este campo pode ser preenchido com SN.

Recibo provisório de serviço (RPS)

O RPS é um documento que substitui a NFS-e temporariamente. Nele, constam as informações do tomador, do serviço prestado e do prestador do serviço.

Cada RPS gerado possui uma numeração, por isso, ao configurar a emissão de NFS-e, é importante que a numeração do RPS seja informada de acordo com a sequência da sua prefeitura.

 

Dica!

O número do RPS pode ser consultado na última NFS-e emitida.

Em caso de dúvidas, fale com seu contador.

 

O número de RPS é apresentado ao final do rascunho da NFS-e:

 

Após identificar o RPS, acesse a Conta Azul, clique em Configurações e plano > Configurações de nota fiscal. No Tipo de configuração, em Emissão de nota fiscal de serviço, clique em Configurar.

Encontre o campo Recibo provisório de serviço (RPS) e preencha conforme identificado no portal da prefeitura:

RPS.png

 

Importante!

Informe o número do último RPS emitido em outro sistema ou 0 (zero) caso seja sua primeira nota para esta série. 

Regime especial de tributação

Modalidade de tributação que sua empresa está inserida, ou seja, é a forma de identificar e facilitar ao contribuinte das suas obrigações fiscais - pode ser ou não ser igual ao seu regime tributário.

 

Dica!

Em caso de dúvidas, fale com seu contador.

 

No portal da prefeitura, após realizar o login, acesse Perfil > Dados adicionais, e clique em Visualizar, na próxima tela consulte o Regime Especial. Caso você desconheça essa informação, valide com seu contador ou diretamente com a sua prefeitura. 

 

Após identificar o regime especial de tributação, acesse a Conta Azul, clique em Configurações e plano > Configurações de nota fiscal. No Tipo de configuração, em Emissão de nota fiscal de serviço, clique em Configurar.

Encontre o campo Regime especial de tributação e preencha conforme identificado no portal da prefeitura:

REGIME.png

Natureza de operação

A natureza da operação indica a geração ou não de imposto a pagar para a respectiva NFS-e, assim como o responsável tributário.

No portal da prefeitura, após realizar o login, acesse Perfil > Dados adicionais, e clique em Visualizar, na próxima tela consulte o campo É do Município. Este campo corresponde à forma de cobrança do ISS e onde será prestado o serviço.

Caso não encontre a informação no portal da prefeitura, valide essa informação com o seu contador. 

abaco.png

 

 

Dica!

Para facilitar a identificação da natureza de operação, acesse uma nota fiscal já emitida ou gere o rascunho de uma NFS-e diretamente no portal da prefeitura.

Na criação do rascunho, se atente ao local de prestação do serviço, isso pode impactar no recolhimento do ISS.

 

 

Após identificar a natureza da operação, acesse a Conta Azul, clique em Configurações e plano > Configurações de nota fiscal. No Tipo de configuração, em Emissão de nota fiscal de serviço, clique em Configurar.

Encontre o campo Natureza da operação e preencha conforme identificado no portal da prefeitura:

NATUREZA.png

 

Após preencher os campos no ERP, clique em Salvar para concluir. Com o cadastro de seus clientes e serviços completos, siga com a emissão de suas NFS-e pela Conta Azul.

 

Atenção!

Este padrão não permite o cancelamento de NFS-e pela Conta Azul integrado à prefeitura.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Esse artigo está
sendo útil?