Pular para o conteúdo principal

Frente de caixa (PDV): como emitir NFC-e usando o SAT em São Paulo

O Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos (SAT) é um aparelho que documenta de forma eletrônica as operações comerciais dos contribuintes varejistas do estado de São Paulo, substituindo o equipamento Emissor de Cupons Fiscais (ECF).

É altamente recomendado para que empresas do estado possam emitir Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e), pois garante a transmissão da NFC-e mesmo em cenários de contingência ou instabilidade.

O SAT tem o propósito de emitir NFC-e mesmo que a Secretaria da Fazenda (Sefaz) de São Paulo esteja indisponível no momento da emissão.

Além disso:

  • É um aparelho que precisa estar conectado ao computador via USB;
  • Ele também precisa estar conectado diretamente à internet;
  • Utiliza o modelo 59 de documento fiscal eletrônico (XML);
  • Valida, autentica e autoriza as notas emitidas por ele;
  • Transmite as informações da nota automaticamente para a Secretaria da Fazenda, sem que seja necessária ação do dono do negócio.

 

Atenção!

Se você emite suas NFC-e pela Conta Azul, entenda como verificar manualmente a atualização dos softwares do sistema SAT após a manutenção programada em 17 de fevereiro de 2024.

 

Quando a Sefaz não está disponível, o SAT vinculado ao CNPJ da sua empresa emite a nota fiscal em formato SAT modelo 59 fazendo a mesma validação, autenticação e autorização que a Secretaria da Fazenda faria. Assim que a Sefaz retorna, o SAT transmite automaticamente a nota já emitida para ela.

 

Pré-requisitos

Antes de fazer a configuração do SAT na Conta Azul, é necessário:

  • Ser optante pelo Simples Nacional;
  • Possuir certificado digital A1;
  • Possuir sistema operacional Windows;
  • Adquirir um modelo de SAT homologado com a Conta Azul.

 

Aparelhos SAT aprovados para emitir NFC-e na Conta Azul
Modelos aprovados Modelos não aprovados
  • Bematech RB-2000
  • Bematech S@TGO
  • ControllIID S@T-iD
  • Dimep D-SAT 2.0
  • Elgin Linker S@T I
  • Elgin Linker S@T II
  • Epson A10
  • Gertec GerSat
  • Gertec GerSAT-W
  • Sweda SS1000
  • Swesa SS-2000
  • Tanca TS-1000
  • Urano U-S@T
  • Urano SAT UR

 

Importante!

Caso o seu modelo de SAT não apareça na listagem acima, não se preocupe. No momento da instalação na Conta Azul, você pode selecionar qualquer um dos aparelhos listados pois, o processo de instalação é padrão para todos os modelos.

 

Como configurar

Para configurar o SAT, acesse a Conta Azul e clique em Frente de caixa > Configurações da frente de caixa.

1. Verifique os dados da sua empresa

Selecione se você já emitiu NFC-e por outro ERP e clique em Continuar.

Neste momento, não é necessário preencher os campos Identificação - ID CSC e Código de Contribuinte - CSC, eles serão preenchidos no passo 7. 

 

Importante!

Se você já emitiu NFC-e antes, informe qual a série e o número da última emitida.

2. Importe seu certificado digital A1

Para importar seu Certificado A1, clique em Configurações e plano > Certificado digital. Nesta tela, clique em Certificado A1 > 📎 Escolha um arquivo, selecione o arquivo salvo em seu computador (normalmente o arquivo é em formato .pfx):

a1.gif

 

Em seguida, informe e confirme a senha e clique em Salvar.

Se estiver tudo correto com o seu certificado digital e com a sua senha, você será redirecionado para a tela de notas fiscais. Pronto! Seu certificado foi importado para o ERP.

3. Vincule o equipamento ao seu CNPJ

Selecione a opção Já possuo aparelho SAT, e não está vinculado ao meu CNPJ e vincule o dispositivo junto ao seu CNPJ na Receita.

Siga o passo a passo do vídeo:

 

 

Dica!

O vídeo foi gravado na versão anterior da Conta Azul, porém, as etapas de configuração são as mesmas.

4. Configure seu equipamento SAT
Depois de vincular , selecione Já possuo aparelho SAT, e está vinculado ao meu CNPJ, escolha o modelo do seu dispositivo e clique em Continuar.
5. Instale e ative o aparelho SAT

Siga o passo a passo do vídeo e logo depois clique em Já baixei e ativei.

 

Importante!

O código de ativação é padrão e próprio do equipamento. Caso tenha dúvida, é importante entrar em contato com o suporte da fabricante do aparelho.


 

6. Se credencie no Portal NFC-e da Sefaz de SP

Clique para se credenciar, depois, siga o passo a passo do vídeo e clique em Já credenciei:

 

 

Importante!

O prazo para a Sefaz habilitar o aparelho pode ser de até 2 dias úteis.

7. Preencha a Identificação - ID CSC e o Código de Contribuinte - CSC

Siga o passo a passo do vídeo e depois clique em Finalizar.

Importante!

O ID CSC e o Código de Contribuinte são os ID Cód Segurança e Cód Segurança que constam na Sefaz, respectivamente.



Pronto, agora a configuração entre seu equipamento SAT e a Conta Azul está completa.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 4 de 8

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Esse artigo está
sendo útil?