Pular para o conteúdo principal

Nota fiscal de remessa: como emitir

A nota fiscal eletrônica de remessa é emitida quando há circulação de mercadorias ou bens em operação não comercial. Ela pode ser emitida por meio da Conta Azul de forma rápida e prática.

 

Atenção!

Na Conta Azul, não emitimos nota fiscal de remessa com ICMS ST e IPI devolvido, apenas nota fiscal de devolução com ICMS ST e IPI devolvido.

 

Para emitir sua nota de remessa, acesse Vendas > Notas Fiscais de Produto > Nova > Nota de remessa:

nf.gif

 

Preencha atentamente as informações relacionadas à sua nota fiscal:

Natureza de operação

 

No cabeçalho da nota fiscal, confirme o Tipo da Nota Fiscal como Remessa, selecione também o Motivo da remessa e a Operação.

 

Motivo de remessa

Há várias situações em que você poderá emitir uma Nota Fiscal de Remessa. Na Conta Azul, temos habilitados os motivos de remessa abaixo:

  • Amostra grátis - produtos enviados devem ser de mínimo ou nenhum valor comercial, para distribuição gratuita, cuja quantidade seja suficiente apenas para que o cliente conheça o produto.

  • Ativo imobilizado para uso fora do estabelecimento - saída de bens e materiais, (notebooks, por exemplo), com a finalidade de permitir o exercício da atividade econômica da empresa, a qual conserva a posse e/ou a propriedade desses bens e materiais.

  • Bonificação, doação ou brinde - bonificação é a remessa sem ônus de mercadoria a um adquirente (cliente) e consequentemente não gera receita para o remetente (fornecedor). Doação é uma transferência gratuita e brinde, é a distribuição gratuita a consumidor ou usuário final.

  • Comodato - empréstimo de algo que não pode ser substituído por outro da mesma espécie e qualidade (comodato de imóvel ou veículo, por exemplo). O comodato realiza-se com a entrega do objeto.

  • Conserto - envio de mercadoria à outro estabelecimento, para fim de conserto ou reparo.

  • Consignação - é um procedimento a partir do qual o vendedor deixa seus produtos a cargo de outra empresa ou pessoa, a fim de que ela os exponha para seu público consumidor, encarregando-se de sua venda.

  • Conta e ordem de terceiros - saídas correspondentes à entrega de mercadorias por conta e ordem de terceiros.

  • Demonstração - envio de produto, sem finalidade comercial. Para avaliação, mostruário ou treinamento.

  • Depósito fechado ou armazém geral - saída de mercadoria para depósito fechado (estabelecimento da empresa emitente) e armazém geral (estabelecimento de outra empresa).

  • Entrega futura - produção do estabelecimento originada de encomenda para entrega futura ou mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, originada de encomenda para entrega futura.

  • Exposição ou feira - transporte das suas mercadorias da empresa até o local da feira ou exposição.

  • Garantia - emitida pelo remetente ou fabricante de um determinado produto, quando há necessidade de substituir ou consertar o mesmo.

  • Industrialização - saída onde determinado estabelecimento remete insumos (matérias-primas, produtos intermediários ou material de embalagem), para outro estabelecimento, para que este execute a operação de industrialização.

  • Industrialização por conta de ordem - onde um estabelecimento manda industrializar mercadorias, com fornecimento de matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagem, adquiridos de outro, os quais, sem transitar pelo estabelecimento adquirente, sejam entregues pelo fornecedor diretamente ao industrializador, dita operação triangular.

  • Outras saídas - normalmente são remessas utilizadas para fins variados, como trocas, garantias, testes e empréstimos. 

  • Remessa com fim específico de exportação - deve ser utilizada nas exportações de mercadorias recebidas anteriormente com finalidade específica de exportação.

  • Vasilhame - operações com vasilhames, recipientes, embalagens e sacarias que servem para acondicionar, embalar e propiciar o transporte de mercadorias comercializáveis até o estabelecimento destinatário, sem que seu respectivo valor seja computado no valor total da operação, nem tampouco cobrado do destinatário da mercadoria.

  • Venda fora do estabelecimento - operações nas quais o contribuinte desloca a mercadoria
    em um veículo para venda ao comprador eventual. Tais operações também são conhecidas como “venda sem destinatário certo” ou “mercadoria à procura de venda”. 

 

Operação

Há duas finalidades diferentes para a Nota Fiscal de Remessa:

  • Operação > Saída: é utilizada quando a mercadoria for retirada da sua empresa.
    Por exemplo: quando um item for enviado para doação.

  • Operação > Entrada: quando a mercadoria está entrando na empresa, mas não tem nota fiscal.
Dados do destinatário

 

Informe os dados do destinatário da nota fiscal, que pode ser um cliente ou fornecedor já cadastrados na Conta Azul.

É possível informar a sua própria empresa como destinatário, neste caso, cadastre os dados da sua empresa como fornecedor.

Dados de frete e indicador de presença

 

Informe se haverá ou não frete e qual o indicador de presença dessa operação.

Dados fiscais dos produtos

 

Informe os produtos, quantidades, valores individuais, o CFOP e a situação tributário do produto.

 

Importante!

  • Os CFOPs com início 1 e 2 são para notas fiscais de entrada

  • Os CFOPs com inicio 5 e 6 são para notas fiscais de saída

 

Clique em Editar ou Informar, para ajustar os tributos do produto, como:

  • Código do produto

  • Unidade de medida

  • Origem

  • NCM

  • CEST

  • CFOP

  • Código de barras (EAN)

  • xPed

  • nItemPed

  • Situação tributária e alíquotas de:

    ICMS
    IPI
    PIS
    COFINS
Dados sobre a nota fiscal

 

Preencha, se necessário, o valor do seguro, despesas acessórias e descontos.

Além disso, descreva as Informações Complementares Contribuinte que aparecerão no PDF da nota fiscal.

Totais da nota fiscal

 

Ao preencher os produtos e valores e clicar em Salvar Nota Fiscal, os totais da nota fiscal serão apresentados.

 

Importante! 

Fale com seu contador em caso de dúvidas.

 

Com tudo correto, clique em Salvar nota fiscal > Transmitir nota fiscal.

Assim que a nota fiscal retornar da Sefaz como Emitida com sucesso, o ERP enviará automaticamente para o e-mail do seu destinatário a DANFE e o XML da NF-e.

Sobre a remessa com fim específico de exportação

Na emissão de uma nota fiscal de remessa, quando o cliente informado for cadastrado como estrangeiro, serão apresentado os campos:

  • Em Dados da exportação, será habilitado os campos: Local de embarque e UF de embarque.



  • Em Ações > Revisar informações, será habilitada a guia Exportação com os campos: Número Drawback, Registro de exportação e Chave da NFe recebida para exportação.

 

Para acessar as notas já emitidas e baixar o PDF da nota, acesse Vendas > Notas fiscais de produtoSuas notas fiscais serão separadas por mês, conforme a data de emissão de cada nota.

 

Importante!

Como a natureza da nota fiscal é uma Remessa, não será gerado lançamento financeiro nesta operação, apenas movimentação no estoque.

 

Palavras-chave: Nota fiscal de remessa, NF-e remessa, dar entrada em nota de fornecedor, operação não comercial, emitir NF-e remessa, natureza da operação remessa, motivos de remessa, CFOP remessa, nota fiscal de devolução, nota fiscal de bonificação, nota fiscal de conserto, nota fiscal de comodato, nota fiscal de demonstração, nota fiscal de garantia, nota fiscal de industrialização, nota fiscal de venda fora do estabelecimento.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 27 de 42

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Esse artigo está
sendo útil?