NF-e: emissão de notas fiscais em contingência

A nota fiscal eletrônica de produto (NF-e) é considerada emitida somente após o retorno da Secretaria da Fazenda (Sefaz) do seu estado. A Conta Azul se conecta diretamente com a Sefaz, enviando todas as informações, recebendo o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (Danfe) e apresentando no próprio ERP qual a situação da NF-e.

A nota fiscal de contingência é um formato de emissão alternativo e indicado quando não é possível termos essa autorização da NF-e em tempo real. Isso pode acontecer por indisponibilidade momentânea ou um problema técnico do próprio órgão.

Existem três tipos de contingência para NF-e, sendo elas:

  1. Formulário de Segurança (FS-DA)
  2. Contingência EPEC
  3. Contingência SVC

 

Na Conta Azul nós atendemos apenas a Contingência SVC, onde é necessário que a Sefaz de origem tenha ativado este módulo para que o mesmo possa ser visualizado no ERP.

Entenda como emitir na Conta Azul.

 

Caso o seu estado identifique alguma situação que impeça a autorização da NF-e em tempo real e habilite a emissão de NF-e em contingência SVC, você poderá emitir as notas em contingência pela Conta Azul.

Aqui você consegue acompanhar a disponibilidade de todas as Sefaz estaduais em tempo real, e neste site é possível consultar se alguma delas está com a contingência ativa no momento.

Existem outros meios de emissão de notas em contingência que podem ser conferidos no site da Secretaria da Fazenda, ou confirme com o seu contador qual modelo você está autorizado a utilizar.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 2 de 5

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.

Esse artigo está
sendo útil?