Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Pergunta Frequente

Nota Fiscal de Devolução Parcial: o que é e como emitir

Thais Abrão
Thais Abrão
- Atualizado

A nota fiscal de devolução parcial deve ser emitida quando a mercadoria vendida ou adquirida foi devolvida parcialmente por quem a recebeu. Isso pode acontecer quando parte dela veio com defeito, por exemplo, ou quando há a recusa do material recebido por algum outro motivo. Neste caso os valores precisam ser proporcionais à nota fiscal de origem. 

 

Na Conta Azul, para emissão deste tipo de nota acesse: Vendas > Notas Fiscais de Produto > Criar Nova > Nota de Devolução, e em seguida selecione o tipo da operação realizada: “Venda” ou “Compra”, referenciando a chave da nota fiscal que será devolvida. 01.PNG

Após preenchimento dos dados do fornecedor ou cliente para o qual a nota de devolução se destina, além dos dados do frete caso existente na nota fiscal de origem (este valor deve ser lançado proporcional ao total devolvido na nota de devolução parcial), serão informados os dados fiscais dos produtos. 


Neste campo deve ser preenchido somente os itens a serem devolvidos, assim como sua respectiva quantidade e valor.02.PNG

No caso da devolução parcial, você precisa calcular os valores proporcionais antes de lançá-los na Conta Azul. Então por exemplo:

 

Se eu comprei a seguinte mercadoria: 

100 produtos de valor R$ 10,00 cada, totalizando uma nota fiscal de R$ 1.000,00.

Mas por algum motivo houve a necessidade de devolver 50% dessa mercadoria, sendo:

Quantidade %
100 100
X 50

 

O cálculo se dá da seguinte forma: 

100 X = 100 x 50

100 X = 5.000

X = 5.000 / 100

X = 50 unidades a serem devolvidas

 

Dica: você pode utilizar a “regra de 3” para encontrar os valores a informar.

 

Na Conta Azul a nota fiscal de devolução será lançada da seguinte forma:03.PNG

 

Importante: o valor unitário permanece o mesmo, o que muda é a quantidade a ser devolvida.

 

As alíquotas também devem ser preenchidas de acordo com a nota original em cada item. Procure o seu contador para orientações a respeito do preenchimento desses campos, assim como da CFOP e Situação Tributária a serem utilizadas.

 

Atenção: Na nota fiscal de devolução do tipo “Compra”, dentro do campo “Alíquotas” será habilitada uma nova aba “Devolução” com os campos Valor do ICMS ST devolvido,Valor do IPI devolvido e % Da mercadoria devolvida.

 

O campo “% Da mercadoria devolvida” não deve ser utilizado para cálculo dos valores proporcionais na nota de devolução, pois o mesmo não influencia no cálculo desses valores, tendo como único objetivo preencher a tag pDevol do XML da nota.

 

Caso a nota fiscal original tenha também seguro, despesas acessórias e/ou descontos, os mesmos deverão ser lançados de forma proporcional na nota de devolução. Sugerimos que você procure o seu contador neste preenchimento também para detalhes de como realizar o lançamento proporcional da forma correta. 

 

Por fim, ao clicar em Salvar Nota Fiscal o ERP indicará caso algum campo obrigatório não tenha sido preenchido. Uma vez que os dados foram todos preenchidos, você poderá fazer a transmissão para a Sefaz. Para isso, clique em Transmitir Nota Fiscal.

 

Com todas as informações devidamente preenchidas, sua nota fiscal poderá ser transmitida para a Secretaria da Fazenda do seu estado.

 


Compartilhe esse artigo:

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam isso útil: 0 de 1
Ainda não possui Conta Azul  em sua empresa?  A plataforma online fácil de usar que ajuda você a organizar e controlar seus  negócios. Experimente agora