Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Guia Rápido

Como excluir Vendas na Nova Conta Azul

Bruna Schmitz
Bruna Schmitz
- Atualizado

O cancelamento de venda, pode ser utilizado sempre que emitir uma venda e não desejar mais que ela conste no ERP, seja porque seu cliente desistiu no último momento ou quando ao invés de editar prefere registrar uma nova venda.

 

Não é possível excluir as vendas nos seguintes casos:

  • Vendas que tenham notas fiscais emitidas.

  • Vendas com parcelas baixadas e recebidas: nesse caso é necessário remover a baixa da parcela e retorna-la para em aberto, feito isso será possível excluir a venda.
  • Vendas com boleto do Receba Fácil baixado e recebido.

Importante: Ao excluir a venda, se a mesma tiver boletos do Receba Fácil emitidos e os mesmos não estiverem baixados/recebidos, os mesmos são cancelados e excluídos automaticamente.

 

Uma vez que a venda é excluída não conseguimos mais restaura-la, essa ação é irreversível.

 

Quando ainda não emitiu nota fiscal para sua venda

Acesse Vendas > Vendas e Orçamentos > Selecione sua venda > Ações > Excluir > Excluir venda:
venda.gif

 

Selecione mais de uma venda que precise excluir, para realizar a ação em lote. Assim que excluir a venda, seus produtos retornam para o estoque. 


Quando já emitiu nota fiscal para sua venda

Se já emitiu nota, pode cancelar esta nota (respeitando o prazo para cancelamento), após isto, a venda pode ser excluída automaticamente, e os produtos voltam a constar em estoque.

Se possuir dúvidas quanto a cancelamento de notas, clique aqui.


Compartilhe esse artigo:

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam isso útil: 0 de 0
Ainda não possui Conta Azul  em sua empresa?  A plataforma online fácil de usar que ajuda você a organizar e controlar seus  negócios. Experimente agora