Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Guia Rápido

NFSe: como emitir

Bruna Schmitz
Bruna Schmitz
- Atualizado

Importante: Antes da emissão, veja como configurar sua nota fiscal de serviço.

 

Após salvar a venda do serviço, você poderá emitir a NFS-e. Clique sobre a venda > Nota Fiscal > Emitir Nota Fiscal:

nfse.gif

 

Se a versão do seu ERP for diferente, clique aqui.

 

As informações do seu cliente serão trazidas de acordo com o preenchimento no cadastro dele, assim como as informações do serviço prestado. Os campos referentes aos impostos da nota serão habilitados somente após informar o código de serviço prestado.

Verifique todos os campos com atenção e salve a nota fiscal, clicando em Salvar. Com todos os campos corretamente preenchidos, sua nota estará pronta para emissão. Revise o preenchimento, se estiver tudo correto, clique em Emitir Agora!

mceclip0.png

 

Importante: Para cadastrar nota de serviço tomado, configure a busca automática (para cidades homologadas).

 

Explicando os campos de preenchimento

Na tela da NFSe, atente-se aos campos de preenchimento.

  • Descrição do Serviço: esse campo virá preenchido automaticamente de acordo com a descrição do serviço utilizado na venda. Esse campo é aberto, ou seja, você poderá editar as informações que deseja que saiam na descrição da nota fiscal eletrônica.

  • Serviço prestado: você deverá informar o código de serviço liberado para sua empresa na prefeitura, conforme a Lei Complementar 116/2003.

  • Responsável pelo recolhimento do ISS: neste campo você irá informar se o imposto será recolhido pela sua empresa, ou pelo seu cliente. Caso a opção Meu cliente seja selecionada, será obrigatório informar a alíquota de ISS, onde o valor calculado será subtraído do total da nota fiscal, venda e financeiro vinculados.
  •  ISS: este campo deve ser preenchido conforme orientação da Contabilidade, e varia conforme o código de serviço que for selecionado no campo Serviço prestado.
    • Minha empresa = ISS recolhido pelo prestador
    • Meu cliente = ISS recolhido pelo tomador (retido)

  • Dedução de ISS: dependendo da sua prefeitura e do tipo de serviço prestado, você poderá preencher o campo de Dedução de ISS. Para entender esse caso, vamos a um exemplo. Se seu serviço custou R$ 1000 e, no campo de dedução de ISS, você colocou R$ 200, esse valor será reduzido da base de cálculo de ISS, sendo considerado R$ 1000 - R$ 200 = R$ 800. Assim, é esse número (R$ 800) que será multiplicado pela alíquota do seu serviço, gerando o valor final do ISS. Vale lembrar que a base de cálculo para outros impostos não muda neste caso.

Importante: Na Conta Azul, o ISS precisa ser preenchido em dois campos: cadastro do serviço e na nota fiscal de serviços. Caso haja divergência no preenchimento, o ERP vai considerar primeiro o cadastro do serviço. Saiba tudo sobre o preenchimento do ISS.

 

  • Informações Obrigatórias Contribuinte: será preenchido automaticamente com o cálculo dos valores aproximados dos tributos, conforme a tabela do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação - IBPT (Lei de Olho no Imposto).

 

Atenção: O destaque dos impostos na nota fiscal de serviço fica à cargo de cada prefeitura realizar ou não. Então mesmo enviando a informação pela Conta Azul, pode ocorrer de o campo ficar oculto no PDF por entendimento da prefeitura.

 

Caso a nota apresente erro, copie a mensagem e cole no campo de busca da Central de Ajuda. Temos mais de 100 soluções para corrigir possíveis erros de emissão de NFS-e.

 

Dica: Nas próximas vezes, a sua nota poderá ser emitida com apenas um clique.


Compartilhe esse artigo:

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam isso útil: 4 de 38
Ainda não possui Conta Azul  em sua empresa?  O ERP online fácil de usar que ajuda você a organizar e controlar seus  negócios. Experimente agora