Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Pergunta Frequente

Alteração de Regime Tributário na Conta Azul

Bianca Matthies
Bianca Matthies
- Atualizado

A alteração de regime de tributação é uma migração que a empresa pode fazer entre os sistemas de pagamentos de impostos existentes na legislação brasileira.

Dificilmente a empresa permanecerá no mesmo sistema durante toda a sua existência, pois fatores como crescimento, aumento de lucros ou mesmo o planejamento tributário demandam a alteração de regime de tributação.

No Brasil, a lei permite que as empresas façam essa mudança no início de cada ano fiscal (que corresponde até o final do mês de janeiro), se for identificada a necessidade.

 

Como fazer a alteração do regime tributário no ERP?

A alteração de regime de tributação é feita por um contador, que fica responsável por cancelar a opção pelo regime atual e aderir ao novo. Basicamente, existem quatro regimes disponíveis: MEI (Simei), Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

Na Conta Azul será realizada a mudança quando a empresa migrar dos regimes MEI ou Simples Nacional, para os regimes Lucro Presumido ou Lucro Real (esses dois últimos também conhecidos como Regime Normal). Essa troca é feita através da Engrenagem > Dados da empresa, onde:

  • Se a opção estiver marcada como Sim, entende-se que a empresa é optante pelo MEI/Simples Nacional.
  • Se a opção estiver marcada como Não, entende-se que a empresa é optante pelo Regime Normal (Lucro Presumido/Lucro Real).

mceclip1.png


Compartilhe esse artigo:

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam isso útil: 5 de 8
Ainda não possui Conta Azul  em sua empresa?  A plataforma online fácil de usar que ajuda você a organizar e controlar seus  negócios. Experimente agora