Pergunta Frequente

Diferença da nota fiscal de devolução e nota fiscal de retorno

Jenefer
Jenefer
- Atualizado

Quando um produto deve retornar ao local em que vendeu, sub entendesse que deve ser feita uma nota de "devolução de mercadorias".

Mas ao ponto de vista de tratamento fiscal há uma diferenciação entre devolução e retorno de mercadorias.

Abaixo veremos a diferença da nota fiscal de retorno e a nota fiscal de devolução:

 

Nota de Retorno


O estabelecimento que tem a obrigação da emissão de Nota Fiscal que recebe uma nota fiscal de remessa, deve realizar o retorno ao estabelecimento de origem.

Quando a mercadoria é enviada para conserto a um estabelecimento, o mesmo que realizo o processo, terá que realizar a nota fiscal de retorno desse conserto, este seria um exemplo básico por quais motivos que são utilizados a nota fiscal de retorno.

Dúvidas sobre a emissão da nota fiscal de retorno, clique aqui.

Nota devolução


Conforme a legislação a nota fiscal de devolução, tem o objetivo anular a operação compra ou venda, inclusive sobre os impostos.

Dessa forma, a Nota Fiscal de devolução sempre deve ser emitida da mesma forma com que foi a Nota Fiscal de origem.

Atualmente existe duas formas de emitir a nota fiscal de devolução:

Nota fiscal devolução de compra: Este caso será utilizado quando o fornecedor encaminhar o produto comprado, e o mesmo chegar com algum defeito como exemplo. Neste caso, será necessário realizar a devolução de compra.

Nota fiscal de devolução de venda: Quando a emissão da nota fiscal de venda é enviada para um outro estabelecimento, em que o destinatário é pessoa física, e o mesmo não aceitou o produto por algum motivo, o estabelecimento de envio da nota fiscal de venda, deverá realizar a emissão da devolução de venda.

Para mais detalhes sobre nota fiscal de devolução, clique aqui.