Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Guia Rápido

Como configurar boletos registrados pela Conta Azul

Elton
Elton
- Atualizado

Na Conta Azul você pode emitir boletos registrados para vendas e para lançamentos de contas a receber. Esta funcionalidade está disponível para as seguintes instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Sicoob, Caixa Econômica Federal, Sicredi e Ailos. 

A Conta Azul não cobra taxa à parte para emitir boletos. Você pode emitir a quantidade de boletos disponíveis no seu plano. Não existe vínculo entre a Conta Azul e a instituição financeira, o vínculo é entre sua empresa e a sua instituição financeira. Dessa forma, os valores recebidos pelo pagamento de seus clientes caem diretamente na conta que você informar durante a configuração do boletos.

Para configurar a emissão de boletos, siga as etapas abaixo:

Passo 1: Confirmação e liberação na sua instituição financeira

Verifique com seu gerente na instituição financeira se sua conta está habilitada para emitir boletos registrados. Se sua empresa estiver emitindo boletos bancários pela primeira vez, deverá comunicar a instituição financeira, firmar um contrato e, também, questionar o gerente sobre as tarifas que pagará a instituição financeira para utilizar este serviço.

Antes de informar os dados de boletos em sua conta na Conta Azul, confirme com seu gerente os dados bancários que vai precisar para configurar os boletos (você encontra esses dados em algum boleto já emitido pela conta):

  • Banco do Brasil: Carteira padrão (normalmente 17); Variação da carteira (normalmente 19) ; Agência (sem dígito); Código Beneficiário; Número do convênio e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • ​Bradesco: Carteira padrão (normalmente 09) ; Agência (sem dígito); Código Beneficiário (normalmente é o número da conta corrente); Código da Empresa (também conhecido como Assessório Escritural) e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Itaú: carteira padrão (normalmente 109); agência (sem dígito); código beneficiário e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Santander: carteira padrão (normalmente RCR); agência (sem dígito); código beneficiário e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Sicoob: carteira padrão (normalmente 1); agência (sem dígito); modalidade (normalmente 01); código beneficiário (com dígito); conta corrente (com dígito) e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta).
  • Caixa: número de carteira padrão: tipo de boleto que irá emitir (normalmente SIGCB); agência: número da agência; código do beneficiário: número da conta corrente.
  • Sicredi: número da carteira padrão: tipo de boleto que vai emitir (normalmente A); modalidade: dígito da modalidade (normalmente 1); código do beneficiário: número de registro da sua conta junto a instituição financeira; "nosso número"; agência com dígito do posto: número da agência.
  • Ailos: número da carteira padrão (normalmente 01); variação da carteira (normalmente 001); número da agência; código do beneficiário (número da conta + dígito) e último "nosso número" utilizado (opcional, caso já tenha emitido boletos por essa conta); número do header de arquivo e número do header de lote.

Passo 2: Configuração dentro da Conta Azul

Na Visão Geral da plataforma, clique na instituição financeira que deseja configurar para emitir boletos. Ou vá no menu Financeiro > Contas, selecione a conta e clique em Configurar Boleto.

Preencha todos os dados solicitados (se tiver alguma dúvida, confira acima os campos padrão, se não orientamos a falar com o gerente da sua conta ou algum atendimento centralizado para emissão de boletos). Caso queira, você pode preencher mensagens que aparecerão impressas no boleto.

Leia com atenção as regras para emitir pela Conta Azul. Verifique se o CNPJ está correto e confirme no final.

Passo 3: Validação e Homologação dos boletos.

Após configurar a conta, e antes de começar a enviar boletos aos seus clientes pela Conta Azul, é fundamental entrar em contato com o gerente da sua conta na instituição financeira e seguir o processo de homologação para iniciar a emissão de boletos. 

O processo de homologação varia de instituição financeira para instituição financeira, então confirme quantos boletos e quais valores precisam ser emitidos como teste. Também, valide como enviar essas remessas, normalmente é pelo Internet Banking em uma aba de Boletos ou Boletagem.

Utilizamos o padrão CNAB 400 (para o Sicoob e Ailos, usamos o formato CNAB240). Embora varie de instituição financeira para instituição financeira, geralmente essa homologação envolve a emissão de alguns boletos para teste em valor simbólico e o envio do arquivo de remessa. Para saber como gerar a remessa, clique aquiE para saber como gerar um boleto, aqui.

Após a homologação na sua instituição financeira, sugerimos que emita um ou mais boletos para sua própria conta, depois, envie o arquivo de remessa a instituição financeira para registrar os boletos emitidos. Então, efetue o pagamento através de outro banco ou instituição financeira, caixa eletrônico ou casa lotérica e verifique se os valores caem realmente em sua conta.

A compensação do valor pago ocorre em até três dias úteis geralmente. Após essa confirmação, você já pode emitir boletos para seus clientes. 

Você já conhece o Receba Fácil Boleto? É a forma mais simples de emitir boletos na Conta Azul. Saiba mais sobre o Receba Fácil Boleto aqui