Aviso: A versão clássica da Conta Azul deixou de ser comercializada. Para melhor atender os donos de negócio e contadores, empresas que já usavam a versão Clássica podem permanecer nela. Novas assinaturas obrigatoriamente devem usar a versão Pro. Para saber mais clique aqui.
Pergunta Frequente

Venda Consignada: o que é e como emitir nota fiscal

Fernanda Almeida
Fernanda Almeida
- Atualizado

A venda por consignação é um procedimento a partir do qual o vendedor deixa seus produtos a cargo de outra empresa ou pessoa, a fim de que ela os exponha para seu público consumidor, encarregando-se de sua venda.

Se as vendas não ocorrerem, não há o compromisso por parte dessas empresas ou pessoas de pagar os valores dos produtos.

Dessa forma, você pode distribuir seus produtos para que outras pessoas façam mais vendas por você.

Ocorrendo a venda efetiva da mercadoria para o consignatário, o consignante emitirá uma Nota Fiscal de Venda por Consignação.

Na ContaAzul, para emitir uma Nota Fiscal de Venda por Consignação, acesse na tela inicial o menu Vendas e clique na opção Notas Fiscais de Produtos:

2019-04-27_0920.png

Em seguida, cliquem em Criar Nova > Venda Consignada:

consignada_2.png

Será aberta a tela de preenchimento de sua Venda, onde o campo "Natureza da operação" será automaticamente preenchido com a natureza selecionada.

consignada_1.png

 

Preencha os demais dados da venda como cliente, produto(s), forma de pagamento, informações complementares, e em seguida clique em "Salvar”.

Obs.: Lembrando que as notas do tipo "Venda Consignada" geram apenas movimentação financeira sem alteração no estoque.

Após cadastrada a sua Venda, clique no botão Emitir Nota Fiscal:

industriliza__o_2.png

E preencha as informações relacionadas a sua nota fiscal na tela que será direcionado. Caso tenha alguma dúvida sobre o que inserir no quadro de configuração dos tributos do produto, converse com o seu contador.

Complete os dados do destinatário

Todos os campos de preenchimento sobre os dados do destinatário são obrigatórios, com exceção do complemento do endereço e Inscrição Estadual, caso seu cliente não possua. Se não souber a Inscrição Estadual do seu cliente, você pode consultar no site da Sefaz

Informe os dados sobre o frete

Nessa etapa você deve preencher se haverá frete ou não. Caso tenha frete, ficarão liberados alguns campos para preenchimento. Deixamos listado abaixo os principais campos:

  • Quem será o responsável pelo frete?: neste campo você irá preencher se haverá frete e quem será o responsável;
  • O frete será feito por uma transportadora?: aqui você deve indicar se utilizará ou não uma transportadora;
  • Transportadora: caso utilize uma transportadora, é necessário que seja feito o cadastro dela na plataforma. Acesse este artigo para saber como realizar o cadastro
  • RNTC do veículo: caso este campo seja preenchido, também será preciso preencher a Placa do veículo e a UF, pois o preenchimento de qualquer um destes campos obriga o preenchimento dos demais. É importante lembrar que o preenchimento destes campos é opcional.

Informe os dados fiscais dos produtos

Nesta etapa, você precisará preencher todos os dados produtos que constarão na Nota Fiscal de Venda Consignada e, também, as alíquotas correspondentes. Para isso, clique em Informar e preencha os campos:

  • Código do produto: código utilizado por você para organizar os produtos em seu estoque. É possível utilizar quaisquer caracteres;
  • Unidade de medida: modo em que seus produtos são comercializados para seus clientes. Para saber como adicionar novas unidades de medida, clique aqui
  • Origem: Indique a procedência do seu produto;
  • NCM: Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), trata-se de um código de oito dígitos estabelecido pelo Governo Brasileiro para identificar a natureza das mercadorias;
  • CEST: o Código Especificador da Substituição Tributária (CEST) identifica a mercadoria sujeita aos regimes de substituição tributária e de antecipação do recolhimento do ICMS ST;
  • CFOP: Código Fiscal de Operações e Prestações (CFOP) trata-se de um código numérico que identifica a natureza de circulação da mercadoria. É importante lembrar que, para operações dentro do estado, o CFOP inicia com 1 quando for entrada, e 5 quando for saída. Já para operações para fora do estado, o CFOP inicia com 2 quando for entrada, e 6 quando for saída. Sempre confirme com o seu contador qual é o CFOP correto a ser utilizado;
  • Código de barras (EAN): informe os números que correspondem ao código de barras registrado na GS1 para o produto. Para mais informações, acesse este artigo no blog da Conta Azul
  • xPed: indique o número do pedido de compra relativo à nota fiscal. Este campo é opcional;
  • nItemPed: indique o número do item do pedido referente à nota fiscal. Este campo é opcional;
  • Situação Tributária ICMS: este código determina a tributação do produto referente ao ICMS. A partir do preenchimento deste campo, serão liberados os campos para o preenchimento das alíquotas.

Dica: caso tenha dificuldades no preenchimento da nota, converse com seu contador.

Emitindo a Nota Fiscal de Venda Consignada

Após finalizar o preenchimento da sua nota fiscal, clique em Salvar Nota Fiscal. A plataforma indicará caso algum campo obrigatório não tenha sido emitido. Uma vez que os dados foram todos preenchidos, você poderá fazer a transmissão para a Sefaz. Para isso, clique em Transmitir Nota Fiscal.

Com todas as informações devidamente preenchidas, sua nota fiscal poderá ser transmitida para a Secretaria da Fazenda do seu estado:

industrializa__o_3.png

 


Compartilhe esse artigo:

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam isso útil: 31 de 47
Ainda não possui Conta Azul  em sua empresa?  A plataforma online fácil de usar que ajuda você a organizar e controlar seus  negócios. Experimente agora